top of page

Conteúdo é Rei, Contexto é Reino


Na era digital, onde "Conteúdo é Rei, Contexto é Reino", aplicar essa filosofia à Hospitalidade Empresarial é mais do que uma estratégia; é um convite para redefinir a experiência do cliente.


Em um universo onde o conteúdo reluz, a nobreza do contexto concede significado e profundidade à jornada do cliente.


Conteúdo Magnífico: A História da Experiência

Imagine o conteúdo como a história majestosa que encanta nossos clientes.

Cada interação, desde o primeiro contato online até o serviço presencial, é uma narrativa a ser construída.

Segundo um estudo recente da Harvard Business Review, 75% dos clientes consideram a qualidade do conteúdo um fator determinante na escolha de uma empresa para fazer negócios.

Ao gerar conteúdo envolvente e informativo, transformamos transações em contos de hospitalidade que perduram na memória dos clientes.

Contexto Soberano: A Personalização como Chave

Assim como um rei governa sabiamente com seu reino, o conteúdo brilha quando coroado pelo contexto.

Os clientes não buscam apenas informações; eles anseiam por experiências adaptadas às suas necessidades e desejos.

De acordo com uma pesquisa da McKinsey, 83% dos consumidores estão dispostos a compartilhar dados em troca de uma experiência personalizada.

Personalizar o contexto é a chave para criar uma hospitalidade que vai além das expectativas. Ao criar e consumir informações, lembre-se de que a magia reside não apenas no que é dito, mas na arte de contextualizar. É nesse reino de significado que descobrimos a verdadeira riqueza da hospitalidade.


Portanto, neste reinado da hospitalidade, onde conteúdo e contexto dançam em harmonia, lembramos que o verdadeiro encanto não está apenas na coroa do rei, mas na sutil dança do reino ao seu redor.


Em um mundo saturado de informações, a magia acontece quando transformamos: dados em experiências, palavras em narrativas e clientes em protagonistas.


Curadoria (para ampliar o assunto)

Livros:

  • "The Power of Moments" por Chip Heath e Dan Heath

  • "Raving Fans" por Ken Blanchard e Sheldon Bowles

  • "The Experience Economy" por B. Joseph Pine II e James H. Gilmore

Filmes:

  • "Chef" (2014) - Uma jornada culinária repleta de paixão e reinvenção.

  • "The Grand Budapest Hotel" (2014) - Uma comédia visualmente deslumbrante sobre serviço excepcional.

  • "Julie & Julia" (2009) - Uma história inspiradora sobre a busca pela excelência na culinária.

Artigos Científicos:

  • Pine, B. J., & Gilmore, J. H. (1998). "Welcome to the experience economy." Harvard Business Review.

  • Verhoef, P. C., Lemon, K. N., Parasuraman, A., Roggeveen, A., Tsiros, M., & Schlesinger, L. A. (2009). "Customer experience creation: Determinants, dynamics and management strategies." Journal of Retailing, 85(1), 31-41.

  • Fitzsimmons, J. A., & Fitzsimmons, M. J. (1998). "Customer participation in services production and delivery." In Service Quality: New Directions in Theory and Practice.

Se você gostou desse texto, compartilhe-o com outras pessoas.

Até a próxima!!!!

55 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page