Hospitalidade é GENTILEZA

giphy (2).gif

Clique e ouça o texto abaixo

00:00 / 03:54

Acredito que a GENTILEZA é um tipo de “Chave Mestra” que abre muitas portas ao longo de nossas vidas.

A palavra gentileza engloba o significado de hospitalidade, cordialidade e nobreza em relação aos outros.

O radical “gen” provém do latim gentilis e significa “do mesmo grupo ou família”.

 

No tocante aos negócios, percebo que os clientes geralmente reservam o seu precioso elogio boca a boca e a sua fidelidade para empresas ou profissionais que atenderam as suas necessidades e expectativas de forma educada, atenciosa e gentil e não apenas de forma eficaz e tecnicamente competente.

 

Quem trabalha no setor de serviços sabe (ou deveria saber) que aspectos intangíveis (como a gentileza, por exemplo) contam muito e, não raramente, são preponderantes e decisivos para a competitividade, a sobrevivência  e a permanência no mercado.  

Mas, o que é intangível?

 

Intangível é aquilo que a gente não pode tocar, mas que toca a gente!

Em tempos de alta tecnologia, é preciso focar nos aspectos atitudinais das pessoas que atendem ao público, de maneira geral.

Infelizmente, ainda há empresas e profissionais que focam apenas na eficiência e na competência e esquecem que o encantamento do cliente é, geralmente, resultado de uma relação humanizada, empática e gentil.

É ainda comum a ilusão de que investir em pequenas gentilezas, agraciando o cliente com atitudes e/ou pequenos mimos é dispendioso e trabalhoso, desconsiderando, dessa forma, que o valor de um cliente feliz (e fiel) é um dos números invisíveis de maior importância de qualquer negócio.

 

Gentileza é a qualidade do que é gentil, do que é amável e está presente em pequenas atitudes. Independentemente da motivação que gere a gentileza, é incontestável o bem que ela traz.

No livro “O Poder da Gentileza”, Thaler e Koval, executivas de uma das mais prósperas agências de publicidade dos Estados Unidos, revelam que ser gentil é tão importante quanto ser eficiente. Para as autoras, agir com delicadeza e atenção pode turbinar empresas e/ou carreiras, além de tornar a nossa vida, em geral, mais agradável e saudável.

 

A gentileza é prima-irmã da hospitalidade. Agir com hospitalidade implica em ser gentil, que, por sua vez, requer conexão humana, amorosidade e empatia. Não é difícil, é mais uma questão de sensibilidade, iniciativa e atitude. De acordo com o psicólogo Elisha Goldstein “A bondade fica mais fácil com a prática. ”

 

A gentileza faz toda a diferença. Quando vamos a algum lugar e somos agraciados com ela, sempre queremos retornar, não é verdade?

Esse é um comportamento comum nas pessoas, sempre temos a tendência de retribuir aquilo que recebemos de bom. E é partindo dessa ideia que recomendamos investir na gentileza, pois, além gerar inúmeros tipos de retribuições, a gentileza é igual a um bom café, ou seja:  acorda nosso espírito e melhora o nosso dia!

 

Pratique a GENTILEZA!