Hospitalidade, Negócios e Diálogo



Segundo os dicionários, hospitalidade está relacionada ao ato de hospedar, acolher.

Acontece que nos dias de hoje, essa palavra ganhou um sentido muito mais amplo e assim, aplica-se também a um número muito maior de empresas e negócios.


Se o sentido literal da palavra nos remete à hotéis e outros meios de hospedagem, seu sentido mais amplo engloba toda e qualquer empresa que tenha como objetivo prestar um atendimento de qualidade ao seu público, oferecendo produtos e serviços capazes de encantar seus clientes.


Atualmente, podemos afirmar que a hospitalidade é – provavelmente – uma das mais poderosas estratégias de negócios, para qualquer negócio, sobretudo aqueles que lidam diretamente com o cliente. Um serviço comum é completamente diferente de um “serviço com hospitalidade”. Um serviço, quando realizado com hospitalidade é humano, tem alma, é diferenciado, pode criar vínculos.


Um serviço, puro e simples, é tão somente uma "entrega técnica".

Um serviço "com hospitalidade" vai além, é aquele cuja entrega provoca um sentimento de pertencimento em quem o recebe.


Um serviço sem hospitalidade é um monólogo - decidimos como queremos fazer as coisas e definimos nossos próprios padrões de serviço


Segundo Danny Meyer, do livro Hospitalidade e Negócios, hospitalidade é diálogo!


Para o autor, assim, como na vida, os negócios também dizem respeito a como as pessoas se sentem. Existirá hospitalidade sempre que o cliente perceber e acreditar que o profissional que o atende está, verdadeiramente, ao seu lado buscando oferecer o melhor e até mesmo o inesperado.